Roda de Capoeira recebe título de Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade

AddThis Social Bookmark Button

Unesco reconhece a capoeira como Patrimônio Cultural da Humanidade.

AddThis Social Bookmark Button

Unesco reconhece a capoeira como Patrimônio Cultural da Humanidade

Anúncio foi feito em Paris. Presidente do Iphan comemora reconhecimento.

 

Uma das manifestações artísticas mais tradicionais do Brasil passou nesta quarta-feira (26) a ser um bem mundial. A Unesco reconheceu a capoeira como Patrimônio Cultural da Humanidade.

Ao som do berimbau, luta, dança e esporte se misturam. É a expressão de um povo. Mestres brasileiros já levaram o batuque e o gingado para mais de 100 países. Nesta quarta-feira (26), em Paris, a roda de capoeira passou a ser considerada Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade pela Unesco. O som do berimbau e dos atabaques era de festa.

História da Capoeira

AddThis Social Bookmark Button

 História da Capoeira

 

Raízes africanas 

A história da capoeira começa no século XVI, na época em que o Brasil era colônia de Portugal. A mão-de-obra escrava africana foi muito utilizada no Brasil, principalmente nos engenhos (fazendas produtoras de açúcar) do nordeste brasileiro. Muitos destes escravos vinham da região de Angola, também colônia portuguesa. Os angolanos, na África, faziam muitas danças que se assemelha a nossa capoeira, como a n’golo, ou, dança da zebra. 

Capoeira Regional

AddThis Social Bookmark Button

 Capoeira Regional

 A Capoeira Regional é uma manifestação da cultura baiana, que foi criada em 1928 por Manoel dos Reis Machado ( Mestre Bimba ). Bimba utilizou os seus conhecimentos da Capoeira Angola e do Batuque (espécie de luta-livre comum na Bahia do século XIX) para criar este novo estilo.



Para fugir de qualquer pista que lembrasse a origem marginalizada da capoeira, mudou alguns movimentos, eliminou a malícia da postura do capoeirista, colocando-o em pé, criou um código de ética rígido, que exigia até higiene, estabeleceu um uniforme branco e se meteu até na vida dos alunos. "Para treinar com meu pai era preciso provar que estava trabalhando ou mostrar o boletim do colégio", conta Demerval dos Santos Machado, conhecido como "Formiga" nas rodas de capoeira, e organizador do da Fundação Mestre Bimba , ao lado do irmão, Mestre Nenéu.

Algumas Características principais da Capoeira Regional são:

Mestre Bimba

AddThis Social Bookmark Button

Mestre Bimba

 Manuel dos Reis Machado  


                    

Nasceu no dia 23 de novembro de 1900, na Freguesia de Brotas, Engenho Velho, em Salvador, Bahia. Filho de dona Maria Martinha do Bonfim com Luiz Cândido Machado, campeão de batuque: "luta braba, com quedas, com a qual o sujeito jogava o outro no chão". O apelido Bimba originou-se de uma aposta entre a sua mãe e sua parteira que dizia que dona Maria iria ter um menino, e Bimba na Bahia é um nome popular do órgão sexual masculino. Sua iniciação à Capoeira ocorreu quando tinha apenas 12 anos de idade, na "Estrada das Boiadas", hoje Bairro da Liberdade, em Salvador, tendo como Mestre o africano Bentinho, então capitão da CIA de Navegação Baiana.